Se as histórias do Homem-Aranha fossem um seriado, o final da primeira temporada seria na edição 40 de The Amazing Spider-Man. Nessa altura do campeonato os vilões mais clássicos (e que estão por aí até hoje) já tinham aparecido, o namoro com a Betty tinha ido pro espaço, Peter acabara de entrar para a faculdade e uma gama de novos personagens eram introduzidos nas histórias. Entre eles Harry Osborn e uma certa loirinha que iria conquistar o Jovem Parker.
E outra: Foi na edição 40 que o Homem-Aranha e o Duende Verde teriam a primeira das suas 40593875489573 batalhas decisivas. É bem verdade que, até o personagem retornar no número 39, ele era apenas um vilão “comum” como os outros. Foi com esse confronto que ele começou a se destacar até se tornar o arqui-inimigo do cabeça de teia.
Mas essa época não traz importantes acontecimentos apenas no Universo dentro dos quadrinhos, no “mundo real” a longeva parceria entre Stan Lee e Steve Ditko se encerrava na edição 38 com a saída do desenhista do título.

Se esse for o meu destino…

Mas alguns podem estar se perguntando o porque eu estar citando tudo isso? Simples, todas essas histórias fazem parte do 4º volume da Biblioteca Histórica Marvel: Homem-Aranha. Pois é! Depois do lançamento da edição 3 em 2009 parecia que a coleção havia sido descontinuada devido à falta de lançamentos mas a editora surpreendeu e trouxe o volume 4.
As histórias contidas aqui, como já comentado, marcam uma era. Além do confronto “final” entre o Aranha e o Duende, merece comentário a história “Se esse for meu destino” na qual o herói aracnídeo precisa superar seus limites para salvar a vida da moribunda Tia May numa cena que ficou marcada como uma das mais clássicas da trajetória aracnídea sendo homenageada inclusive no episódio “Shear Strengh” da ótima série Spectacular Spider-Man (só trocando a velha morre-não-morre pela Gwen).

Primeira aparição da Gwen e do Harry.

No quesito editorial também não há do que reclamar. A qualidade é a mesma das outras edições: Capa dura, papel couché e 240 páginas. No final ainda há um extra: os rascunhos feitos por Steve Ditko para exatamente a história de The Amazing Spider-Man 31: Se esse for o meu destino.

Espero que a Panini agora se anime e continue lançando essa coleção. Lá nos EUA, em Julho, foi lançada a edição 14. Sonhar não custa nada né?
A Biblioteca Histórica Marvel Homem-Aranha 4 custa R$65,00. Pode parecer caro mas como no geral (se continuar, é claro) é uma por ano, vale cada centavo.

Recomendadíssimo!

Sobre o Autor

Wellington(mais conhecido como Macgaren) é Marvete desde pequeno(Atualmente desiludido) e tem no Homem-Aranha seu personagem Marvel preferido.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte