Presto Gaudio On outubro - 10 - 2012

[Review] Spider-man (S01E10) – Freaky

Seguindo a linha das participações especiais, neste episódio temos o clássico tema dos filmes da Sessão da Tarde:a troca de corpos. Neste caso, o vilão Mesmero, no momento em que é preso pelo Aranha – auxiliado por Woverine – emite um gatilho mental que provoca a troca do corpo entre os dois heróis. Não sou expert no universo dos X-Men, mas não sabia que Mesmero podia fazer isso (se alguém souber coloque nos comentários).

Para uma maior carga dramática, a troca de mentes não ocorre imediatamente, mas quando os respectivos personagens perdem a consciência: Peter acorda num quarto de hotel bem vagabundo, enquanto que Logan é acordado no meio de uma aula de literatura por uma bola de papel jogada por Flah Thompson. Vale ressaltar que este foi o primeiro encontro entre os dois personagens neste desenho, desta forma, a identidade deles, até o momento, era secreta. Segue, então, uma série de momentos também clássicos desta temática, com o adicional de que Peter tem garras pulando de seu punho. Já Logan, está no corpo de um adolescente que tem “arrepios” estranhos toda vez que corre perigo.

Para balancear a importância dos dois personagens, já que o foco tendia a ficar apenas em Logan, sua adaptação indesejada acontecia num local público. O apartamento em que Peter se encontrava é invadido por Dentes-de-Sabre que, como sempre, quer matar seu arquirrival. A luta entre os dois toma a direção da escola de Parker, onde temos o encontro dos heróis em corpos trocados. A luta se desenrola com Creed descobrindo o estranho evento, mas derrotado no final. No fim do capítulo, os dois tem suas mentes restabelecidas depois de Peter ameaçar Mesmero com o descontrole que ele apresentava com as garras e Logan falando para ele valorizar a vida e os amigos que ele tem.

Foi uma trama, como eu já falei anteriormente, padrão Sessão da Tarde. No entanto, isso possibilitou explorar alguns elementos dos personagens de forma inusitada: Peter reclamando do forte suor do Logan que, em contra partida, critica o mau cheiro da máscara do Homem-Aranha. Além disso, temos tudo que era de se esperar de uma primeira aparição do Wolverine: as frases “Sou o melhor no que faço” e “Peça pela terceira garra”. A metalinguagem aparece apenas no início do episódio, com uma ficha do Wolverine e do Nick Fury, apresentada pelo Aranha e com pausas avisando “falhas técnicas” no decorrer do episódio, sempre que um dos personagens se auto infligia um ferimento grave devido a falta de prática com os novos poderes.

Antes de terminar a review, no meio do episódio, aparece um easter-egg de uma possível futura participação especial: Deadpool. O personagem mais conhecido pela quebra da quarta parede dos quadrinhos aparece na capa de uma revista Timely. Se eu estiver certo, será um episódio interessante com um personagem acostumado a conversar com os leitores, participando de um seriado que usa e abusa deste recurso.

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte