Presto Gaudio On fevereiro - 27 - 2013

Ultimate Spider-Man (S01E26) The Rise of the Goblin

Este é o último episódio da temporada, e começa bem mais leve do que o esperado. Neste temos o Homem Aranha fazendo a escolta de Harry para a escola esperando que um ataque do Duende possa ocorrer a qualquer momento, no entanto já se passaram três dias e até o momento nada havia acontecido… até que o episódio começa!!! O Duende Verde ataca a limousine tentando retirar o Harry como se fosse uma sardinha da lata, mas eis que surge o Homem Aranha e, contrariando os pedidos de Peter, os Jovens Vingadores.

O episódio se desenvolve com varias e seguidas batalhas entre os jovens heróis e o Duende, com os primeiros tentando fugir para se proteger, mas sem muito sucesso. Mesmo quando conseguem chegar ao Aero-Porta-Aviões da SHIELD, a “fortaleza inexpugnável”, Norman demonstra que é mais que uma massa verde acéfala e consegue atacá-los. Nesse meio tempo é revelado para Harry que o Duende é na verdade seu pai, isso resulta em um Harry um tanto crianção que só sabe resistir à ajuda e ficar chorando para que não machuquem seu pai. Em uma tentativa de Harry acalmar o pai, descobrimos que o Duende não tem dupla personalidade, Norman está controlando a besta e na tentativa de virar o filho para seu lado revela que a “culpa” de sua transformação seria o DNA do próprio Homem-Aranha.

O Duende consegue acessar o laboratório do Dr.Curt Connors e pega uns “brinquedos”: luvas que emitem rajadas explosivas e um planador (temos agora um amálgama dos Duendes Verdes do universo Ultimate e 616 dos quadrinhos). Norman foge mais uma vez, mas agora com seu planador começa a atacar o Aero-Porta-Aviões da SHIELD por fora. Enquanto isso, Harry estava sendo levado para um local seguro, mas acaba deixando a raiva tomar conta e uma sombra que passa por seus olhos durante o episódio inteiro revela que o Venon ainda existe. Este evento me surpreendeu, não pela revelação de que o Venon ainda se encontrava no corpo de Harry, pois isso não era segredo para o telespectador, mas achei interessante a primeira coisa original do desenho, uma aliança entre o Venon e o Duende Verde. Se alguém já viu isso em algum quadrinho, desenho animado, cinema ou vídeo game me avise…

O fim do episódio é mais interessante pelos plots abertos para a próxima temporada do que pela conclusão em si. Connors tendo seu braço esmagado quando o Duende entra no laboratório, toda a tralha-aranha deve desaparecer por um tempo, possivelmente teremos um Carnificina aparecendo no futuro e está aberta a Pensão da Tia May para jovens heróis desabrigados. Deixei tudo meio no ar para não dar spoilers de mais. Como balanço final, esta é claramente uma série que foca no público infantil. Isso não quer dizer que ela não tenha potencial para boas histórias, como ocorreu nesta temporada mesmo. Quero acreditar que o time responsável de roteiristas, que já se mostrou muito competente nos quadrinhos, trabalhe no futuro de forma a agradar não somente as crianças e os acéfalos produtores, mas sim que construam narrativas um pouco mais complexas para os adultos que também acompanham o programa. Que venha a segunda temporada!!!

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte