Presto Gaudio On julho - 1 - 2013

Homem-Aranha 138

                É o início do fim para o nosso aracnídeo preferido, começa a saga “Confins da Terra”, a qual Octopus vem planejando desde que descobriu poucos meses de vida em Amazing Spider-Man # 600. Esta saga abrange apenas 6 edições americanas, mas define os acontecimentos futuros que culminarão na edição 700 de Amazing Spider-Man que deve ser publicada aqui no Brasil até o fim do ano. Esta edição abrange as revistas Amazing Spider-Man 682 a 684 e já foi anunciado que no mês que vem teremos mais páginas, acredito que chegaremos ao número 690 se a Panini não inventar de colocar Avenging no meio.

Ok, vamos ao que interessa. Essas três primeiras partes da saga me deixaram com a sensação de que veremos algo como Homem-Aranha contra o mundo. A revista começa como todas no último ano, com Peter se gabando por ter uma vida perfeita, trabalhar em um laboratório de ciências e ter suas invenções participando do dia-a-dia das pessoas comuns. Aqui vale destacar uma passagem que me deixou muito incomodado: Homem-Aranha em cima de um planador do Duende modificado no formato de um de seus localizadores lançando bombas no inimigo… Preciso comentar?

HA138p05

               A segunda parte da história é destinada ao plano do Dr.Ock que põem em ação um plano de uma “camada de ozônio” artificial que pode ampliar ou proteger a terra do efeito de aquecimento global. Ao fazer uma demonstração envolvendo toda a América, de norte a sul, Octopus envia os dados coletados para os governantes e cientistas do mundo avaliar as experiências. Esta seria a grande obra de bondade antes da iminente morte de Octavius. Claro que o Homem-Aranha não acredita e corre para a Mansão dos Vingadores, claro passando antes nos Laboratórios Horizonte para pegar as armas que vinha preparando contra o Sexteto Sinistro.

comics8

                É sempre bom ver a arte de Stefano Caselli que emprega um traço muito mais realista que Humberto Ramos. Seu designe para a armadura do Aranha é realmente legal, mas o mais impressionante é o seu trabalho com rostos humanos e o trabalho de expressar a linguagem corporal dos personagens que ajuda no storytelling. As alterações que foram feitas recentemente nos membros do Sexteto também ficaram bem legais e nenhum deles se afastou muito do original, exceto para Ock. Mysterio pode ser o melhor dos redesigns seguido pelo do Electro. Ambos os personagens são atualizados para que eles não pareçam ridículos, Mysterio já não parece gigante e volumosos, ao passo que Electro não tem mais a máscara de bobo, no entanto por que o Camaleão está em um roupão de banho?

amazing-spider-man-682-ends-of-the-earth-1024x788

O roteiro de Dan Slott é bem construído, mas não sem algumas falhas ou roteirismos como a menção de que o Quarteto Fantástico, Defensores e os X-Men se encontram fora da Terra ou em outra realidade. Enquanto que os Vingadores são completamente desconsiderados pelo vilão que se diz completamente preparado contra os “Heróis mais poderosos da Terra”. Outro problema é a relação de Max com Peter que estava conturbada pelos eventos da revelação do Morbius, mas que parece que foi desconsiderada ou superada. Em compensação, o sub-plot do J.J.Jameson está a todo vapor e o ódio nutrido pelos Laboratórios Horizonte depois dos perigos que seu filho passou na estação espacial podem culminar no fechamento do Horizonte.

Na segunda parte da saga, mais concentrada na ação, temos os membros do Sexteto recolhendo as últimas peças para o mirabolante plano de Octopus, e de outro lado os Vingadores, liderado pelo Homem-Aranha tentando evitar que o mesmo plano se conclua. Depois de algumas aulas como Batman da Dc, Peter, preparado pode enfrentar até Galactus, nesse caso, a primeira contramedida que vemos de suar armadura é que o áudio de seu capacete estava sintonizado no batimento cardíaco do Camaleão. Isso lhe permitiu identificar e socar um falso Al Gore no meio de uma reunião do G8 que discutia se aceitariam a ajuda do Dr.Ock ou não. Em seguida sob ameaça de Octopus, deixam o Camaleão fugir, mas claro que Peter jogaria um localizador que permitiu a ele e os Vingadores seguirem o vilão até a base. Octopus que já estava preparado para isso junta o Sexteto e reúne em uma ilha deserta para lutar contra os Heróis.

Na segunda parte da história temos uma batalha campal onde os “mais poderosos heróis da Terra” vão caindo um a um com ajuda dos itens recolhidos no início da história: uma bomba criogênica, raios interruptores alfa/gama, uma parte da armadura do Homem de Ferro 2020, e uma presa da serpente de Jörmungandr (quero ver a desculpa de não matar o Thor no fim da história, já que ele foi transpassado no peito pela referida presa). E aqui temos mais “participações” especiais dos heróis da Dc, desta vez Electro brincando de Flash… mas o pior ainda está por vir…

 xdT02

A edição final começa com duas surpresas: uma mulher invisível salvando a Viúva Negra dos escombros do jato dos Vingadores e o retorno do “amado” “caricaturista” Humberto Ramos com seu traço peculiar. Os heróis vão sendo levados pelos vilões para a nave, mas a explosão do veículo dos Vingadores permite um momento de distração para Peter fugir do local. Nesse momento que conhecemos a aliada invisível: Silver Sable e sua tecnologia élfica… quer dizer, synkariana de mantos invisíveis. Outra maravilha de Synkar é o Jato Invisível, acredito que este país deve ficar muito rico importado para diversos universos paralelos seus produtos.

Essa terceira parte se concentra em Peter, Sable e Viúva Negra tentando evitar que Octopus dê continuidade aos seus planos e, se por um lado eles passam a receber ajuda dos cientistas do Laboratório Horizonte (que agora não fica mais em Nova York, mas a bordo de um enorme barco com o formato de balei em águas internacionais). De outro temos o Sexteto exigindo compensações pela ajuda prestada, uma pequena quantia de dois bilhões de dólares para cada membro do grupo e a criação de um instituto tecnológico em homenagem a Otto Octavius.

amazing-684a

É isso, mês que vem teremos mais… como já mencionado no início deste texto teremos mais páginas!!! E assim não apenas o final desta saga, como também outro pequeno arco do Lagarto, retomando edições anteriores. Neste meio de saga me fica uma dúvida, como eu sei que é muito difícil algo de drástico ocorrer com os Vingadores, apenas quem está sujeito a mudanças é o Homem-Aranha. Visto desta forma, com a saída dos Laboratórios Horizonte da cidade, será que Peter voltará a ser um desempregado? Outra coisa, quantas pessoas já sabem que o Peter e o Aranha são a mesma pessoa? Será que nenhum brilhante colega dele chegou a essa brilhante conclusão?

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte