Presto Gaudio On dezembro - 12 - 2013

Homem-Aranha 143

Edição comemorativa com 100 páginas!!! Não tão comemorada entre os fãs do Homem-Aranha. Essa edição reúne os número 699 e 700 de Amazing Spider-Man, publicados em novembro e dezembro de 2012 nos EUA. A comemoração se deve ao fato da revista chegar à marca de 700 números publicados, no entanto a história que ela traz causou a fúria de muitos fãs do amigão da vizinhança, principalmente pelo fato deste amigão deixar de existir.

Vamos para a história, é perceptível que este arco vem sendo planejado por Dan Slott há muito tempo, pelo menos desde que o Dr.Octopus retornou apresentando uma doença degenerativa em Amazing Spider-Man 600 de setembro de 2009, no Brasil foi publicada em Homem-Aranha 105 de setembro de 2010. A derradeira história do Dr. Octopus começa com o corpo de Octavius, que tem a mente de Peter, lutando para sobreviver mais alguns momentos, mesmo a contragosto dos médicos da prisão.

amazingspider-man 600

Antes de continuar vou entrar em um acordo com vocês leitores. Quando eu estiver falando do Octopus com a mente do Aranha, chamarei de Otto-Peter, quando for o Homem-Aranha com a mente do Dr., chamarei de Peter-Otto.

Continuando… Otto-Peter consegue mais algum tempo de vida e presenciamos um vislumbre do temor que Otto-Peter tem, não por estar à porta da morte, mas pelo perigo em que seus entes queridos se encontram. Logo percebe ele que pode ter acesso às memórias do Dr.Octopus antes da mudança de corpo e, depois de algumas lembranças incomodas, descobre que o Dr. estava preparando tudo já fazia tempo, inclusive o que uso da tecnologia dele pelo Aranha permitiu um acesso gradual à mente de Peter. Descobrimos também, o derradeiro momento da troca de corpo, quando um octobô dourado o acerta logo após a batalha contra os Duendes Macabros.

Otto-Peter decide ativar aleatoriamente um dos inúmeros planos de Octavius ao controlar com sua mente justamente o octobô dourado que o havia acertado. O pequeno robô acessa um computador e envia o “Plano de Contingencia Sigma 6.0”, vemos que alguns vilões receberem o chamado, mas quem aceita o plano é apenas o Homem Hídrico, Escorpião e Ardiloso. Aparentemente o plano previa a reunião de alguns vilões para tirar o Octopus da prisão e em seguida criar um novo Sexteto Sinistro, mas Otto-Peter, ao ser salvo, impede a libertação de outros prisioneiros.

Amazing-Spider-Man-699-Spoiler-page-Peter-Parker-alive

A edição 700 de Amazing Spider-Man começa com o Peter-Otto junto com MJ assistindo um filme e quando parece que o clima vai esquentar o computador emite um sinal de alerta avisando sobre a fuga de Octopus da prisão. Peter-Otto então resolve ir ao aeroporto e compra uma passagem para Bélgica, seu objetivo era apenas se manter distante tempo suficiente para que a mente de Peter Parker morra de vez. Enquanto isso Otto-Peter desfalece e tem um breve vislumbre do “além”, encontra vários amigos e inimigos mortos no decorrer das últimas 700 edições. O que segue é Otto-Peter, com ajuda dos vilões que o tiraram da prisão, tentando reverter o processo de troca de mente enquanto Peter-Otto desenvolve seu próprio plano reunindo todos amigos e familiares do Peter Parker em um mesmo lugar para servir de refém.

Foi uma história bem interessante, envolvente e teria sido melhor se eu não soubesse do final dela antes. Embora apresente o  melhor roteiro de Dan Slott em muito tempo, este não deixa de ter furos que incomodam bastante: Ardiloso de repente se transformou em um super gênio do crime; Mary Jane voltando a ficar com o Peter também sem maiores explicações; J.J.Jamenson aceitando ser levado para um abrigo pelo Homem-Aranha sem questionar em nenhum momento; o Homem Hídrico parando de ajudar o Octopus para ajudar o Escorpião caçar o Jameson. Foram roteirismos forçados que tiram qualquer credibilidade à narrativa.

Em compensação, vale ressaltar dois momentos que considero cruciais e que transmitiram a carga dramática da história muito bem: o encontro de Peter com “o outro lado”, personagens como Gwen Stacy, o capitão Stacy, os pais de Peter e o tio Ben já são esperados, mas surpreendeu a referência ao Tim “garoto que colecionava Homem-Aranha” Harrison, o Rino e a esposa e… Silver Sable? No fim ela morreu mesmo? Ou são apenas alucinações da mente de um moribundo? Nesta mesma sequência vemos a roupa de Peter mudando e fazendo referência às diversas épocas pelo qual a história passou. Outra cena interessante acontece no final, quando o Homem-Aranha promete usar seus poderes para o bem e ser Superior, com Otto Octavius revivendo todos os momentos da vida de Peter, seus maiores triunfos, fracassos e escolhas. Poderes e responsabilidades.

amazing-spider-mann-700-memories

Ah, e antes que perguntem sobre os desenhos, são do Humberto Ramos, então não vale a pena nem comentar… ok, ele tem seus momentos, e eles são os mesmos destas passagens mencionadas acima, em especial durante a memória de Peter, pois os traços são menos estilizados que o habitual.

A edição brasileira encerra com mais uma história publicada na Amazing Spider-Man 700, com roteiro de J.M.Dematteis, desenhos de Giuseppe Camuncoli e arte-final de Sal Buscema. É a história de um bisavô tentando conquistar atenção do bisneto adolescente que só pensa em ficar jogando videogame. A tecnologia que vemos não sugere que a aventura se passe no futuro, mas podemos considerar que isso se passa em 2012, mas que os acontecimentos da história do Homem-Aranha teriam ocorrido em tempo real, desta forma teriam passado cerca de 50 anos desde a primeira aparição do aracnídeo. Sem entrar em detalhes, gostei bastante da história, inclusive das liberdade criativas dos amálgamas de heróis e vilões apresentados.

Amazing Spider-Man 700 Fat Spidey

Por fim temos três das diversas capas variantes da edição número 700, inclusive eu gostaria que tivessem usado a capa do Marcos Martin para a tupiniquim, infelizmente foi utilizada a capada edição 699. No mês de dezembro teremos uma nova numeração, é o fim do Homem-Aranha como o conhecemos e o início de uma nova fase. Para a Nova Marvel teremos um Homem-Aranha Superior.

comics_amazing_spider_man_700

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte