O Espetacular Homem-Aranha 2 já estreou faz um bom tempo, e bem, Gwent Stacy morre, basicamente da mesma forma que nos quadrinhos, no meio da luta com o Duende Verde, ela cai, o Aranha tenta salvá-la com com a sua teia, mas o impacto da parada brusca causada pela teia quebra-lhe o pescoço (pelo menos, foi assim que eu vi). É interessante notar que os caras inclusive recriaram fielmente alguns quadros de TASM #121 nesta cena do filme, (do mesmo modo que Sam Raimi fez com a famosa cena do uniforme na lata de lixo em 2004). Enfim, com mais 4 filmes já confirmados, sendo eles O Espetacular Homem-Aranha 3, Sexteto Sinistro, Venom e O Espetacular Homem-Aranha 4, e o arco da Gwen encerrado, a franquia pode seguir em frente, adaptando outros arcos dos quadrinhos que os fãs tanto almejam em ver nos cinemas.

O Garoto que Colecionava Homem-Aranha

spider1

Na história escrita por Roger Stern e desenhada por Ron Frenz, publicada em “The Amazing Spider-Man #248”, de 1984, o Clarím Diário publica um artigo sobre um garoto chamado Tim Harrison, que clama ser o maior fã do Homem-Aranha. A história abre com uma imagem do artigo do Clarím pela metade, que conta como Tim, com 9 anos, “coleciona” tudo relacionado ao herói aracnídeo, incluindo, muitos recortes de jornal. Peter, comvido com a história do garoto, resolve lhe fazer uma surpresa e surge no quarto do garoto no meio da noite, os 2 conversam por bastante tempo, Tim mostra ao Aranha seus recortes de jornal, das diversas aparições e lutas do herói, assim como as retratações que Jameson foi obrigado a fazer ao longo dos anos por difamar o Aranha tantas vezes. Quando está prestes a ir embora, o Aranha recebe um pedido de Tim, o garoto pede ao herói que ele revele sua identidade secreta, Peter reluta por um momento, mas satisfaz a vontade do garoto, e lhe conta sua origem e motivação, Tim promete não contar a ninguém o segredo de Peter, que se despede do garoto. Ao deixar o prédio, o leitor recebe o chocante revelação de que o lugar onde Tim estava, era uma clínica de combate ao câncer, e então, no último quadro da história, também nos revelado o resto do artigo do Clarím que diz que Tim era um paciente terminal com apenas algumas semanas de vida, e assim, é justificada a tamanha comoção do herói para com o garoto. Essa adaptação nem precisaria tomar muito tempo do filme, poderia ser colocado lá apenas como um breve “sub plot”, sem ligação direta com a história principal. A história, de certo modo, é bastante breve, ela foi publicada originalmente como uma história secundária na edição em questão, porém, por motivos óbvios, acabou se tornando uma das mais memoráveis histórias do Aranha, e seria uma boa pedida para se ver adaptada em um filme caso a equipe do mesmo queira emocionar, de novo, o público.

A Saga do Clone Original

ASM145_Opening

Na história, com roteiro de Gerry Conway e arte de Ross Andru, ao chegar de uma viagem Peter chega em seu apartamento para encontrar a até então falecida Gwen Stacy, Peter entra em choque, e a ´partir daí a história se desenrola até que é descoberto que ela era um clone da Gwen original criada pelo vilão Chacal, que também criou um clone do próprio Homem-Aranha, ao final da história, tudo é revelado, desde os propósitos do Chacal atpe sua identidade como o professor da faculdade de Peter, Miles Warren. Os dois Aranhas lutam, o local da luta desaba, o Chacal some e é dado como morto e o clone do Aranha aparentemente morre (o que nós sabemos que seria desmentido lá nos anos 90, mas enfim). Bom, quando se fala em saga do clone, muitos já lembram quase que imediatamente do desastre dos anos 90, mas o fato é, que a saga do clone original, publicada lá nos anos 90 de TASM #144-149, realmente era uma história muito boa e bem amarrada, e poderia sim ser adaptada em um filme, ainda seria arriscado, mas ainda assim, poderia funcionar, talvez com algumas mudanças, o vilão por exemplo, nem precisaria ser o Chacal, quem sabe o Dr.Octopus, que foi o responsável pela saga do clone no universo Ultimate, ou então o Duende Verde, sem falar que adaptando esta saga, quem sabe, poderia ficar em aberto a possibilidade de um filme spin-off para o Aranha Escarlate (Ben Reilly). Além de tudo isto, seria um modo também de trazer Emma Stone de volta ao papel de Gwen com algo que fosse além de flashbaks e “sonhos” do protagonista, e isso sem falar no impacto psicológico que isso teria no Peter. É bem improvável que esta saga chegue aos cinemas algum dia, visto que os próprios produtores já afirmaram que Peter será o “único” Aranha a aparecer nos filmes, mas não custa nada especular.

A Saga do Planejador Mestre

Spider-Man03

A saga do Planejador Mestre é considerada o auge da parceria de Stan Lee e Steve Ditko nas histórias do Homem-Aranha, e foi publicada entre as edições 31 e 33 de The Amazing Spider-Man, e mostrava o Aranha enfrentando o misterioso Planejador Mestre, um vilão que pretendia dominar o submundo de Nova York ao mesmo tempo em que sua tia May estava no hospital entre a vida e a morte. Bom, pra resumir as coisas, Planejador Mestre era na verdade o Dr. Octopus, e bom, após vermos os tentáculos do vilão na Oscorp e nos créditos em TASM 2, podemos assumir que talvez o vilão faça seu retorno aos cinemas em um futuro filme da franquia, e que melhor modo de fazer isso do que adaptando uma de suas histórias mais lembradas? aliás, vale mencionar que saga do planejador mestre também contém uma das cenas mais memoráveis da história do herói aracnídeo, a famosa cena em que ele fica preso embaixo de vários escombros no esconderijo aquático do vilão que está desmoronando após o embate entre os dois, e está prestes a desistir de lutar, mas ganha forças ao lembrar de seus entes queridos e amigos, resumindo, seria mais uma grande chance de reproduzirem uma marcante cena dos quadrinhos nas telas de cinema.

Carnificina Total

4ce4020b4c1a0

Nesta saga, típica dos anos 90, o psicopata Cletus Kassidy/Carnificina, reúne um grupo de vilões igualmente doidos e sedentos por sangue e inicia uma onda de crimes brutais em Nova York, o que força o Aranha a reunir uma equipe com os heróis, e até anti-heróis que estavam “disponíveis” no momento para enfrentar o vilão e seus comparsas, e pronto, “Carnificina Total”, consistia basicamente nisso, ação desenfreada e pouco conteúdo, porém, isso não impediu que o arco se tornasse um clássico entre os fãs de quadrinhos, e com certeza, o mais importante momento do vilão Carnificina, que assim como Venom, também adquiriu muitos fãs, e em função disso, muita gente sonha em um dia ver o mais violento vilão do Aranha retratado nos cinemas. Bom, fica difícil imaginar o Carnificina sendo retratado da forma que tem que ser em um filme do Homem-Aranha, afinal, ele é um personagem brutal e violento, jamais se encaixaria nos filmes tradicionais do Aranha que sempre focam em todos os tipos de público, logo, talvez, a melhor saída para se ter o Carnificina, seria no já confirmado filme solo do Venom, até por que, quem mais poderia ser o vilão deste filme se não ele? e como adaptar “Carnificina Total” neste filme? simples, contem a origem do Venom, talvez em forma flashbacks, e em seguida mostrem o surgimento do Carnificina, e o Aranha, que nesse ponto já teria enfrentado Venom no passado, se unindo à Eddie Brock para colocar fim ao inimigo em comum, e pronto, já teríamos o conceito básico da saga Carnificina Total devidamente adaptado para as telas, em um filme que poderia ter pelo menos um pouco da violência necessária para se ter o Carnificina.

A Morte de Jean Dewolffe

Story4d

Na história, um serial killer conhecido como Devorador de Pecados acaba assassinando a amiga e aliada do Aranha, a capitã de polícia Jean Dewolffe, um antigo professor de Matt Murdock (o Demolidor), e várias outras pessoas,  fazendo com que ambos os heróis urbanos partam em busca do assassino. A história é bastante lembrada por mostrar o Homem-Aranha, e o Demolidor, no encalço de um psicopata (quase) comum, que assassina suas vítimas de forma fria e brutal, com o herói aracnídeo chegando ao limite de sua tolerância para com os atos do do vilão. Talvez seja possível definir esta história mais como um conto policial do que como uma aventura de super heróis. Bom, isto poderia ser adaptado para cinema, provavelmente alterando alguns detalhes elementos, como o vilão que não precisaria ser o Devorador de Pecados, aliás, talvez uma ideia bacana fosse misturar o enredo desta história com Carnificina Total, tendo o Carnificina no lugar do Devorador de Pecados, e o Venom no lugar do Demolidor, e isto se encaixaria muito bem no filme solo do Venom, porém o filme obviamente teria que focar mais nele do que no Homem-Aranha, que ocuparia um posto de coadjuvante ali. A Morte de Jean Dewolffe foi publicada na revista “Peter Parker: The Spectacular Spider-Man #107 – 110″, com roteiro de Peter David e arte de Rich Bukler.

A Saga do Uniforme Negro

ASM-252-04

Nos quadrinhos, o uniforme negro surgiu durante o mega crossover Guerras Secretas, onde o ser conhecido como Beyonder transporta diversos heróis e vilões para um planeta deserto para que eles lutem entre si num simples embate do bem contra o mal. Em certo ponto da história, o Aranha já está com seu uniforme completamente danificado após tantas batalhas, e decide usar uma máquina disponível naquele planeta para “criar” um novo uniforme, bom, pelo menos era o que ele pensava, já que quando volta para a Terra, depois de um tempo, descobre a verdadeira natureza do uniforme, um simbionte que dependia da força vital de hospedeiros para viver, e bom, o resto é história. Agora, você deve estar pensando, “mas eles já adaptaram esse arco em Homem-Aranha 3”, é, de fato, mas sinceramente, será que alguém ficou satisfeito com o que foi feito naquele filme? acho que não, por isso, com um filme solo do Venom já confirmado nesta nova franquia, nada melhor do que aproveitar e adaptar novamente, e de forma correta, a saga do uniforme negro. Logicamente a parte de Guerras Secretas fica de fora, mas ainda é uma opção seguir a fórmula batida do uniforme simplesmente “caindo” na Terra, quem sabe a bordo da nave espacial de John Jameson, como foi feito nas animações Spider-Man: The Animated Series, dos anos 90, e mais recentemente em The Spectacular Spider-Man. Pra começar, acho que para adaptar essa saga de forma correta, seria necessário dividir ela em pelo menos dois filmes, por exemplo, o Aranha se une ao simbionte em TASM 3, e se livra dele no filme do Sexteto Sinistro (que já está confirmado para sair após TASM 3). OK, agora, quanto ao Venom, bom, os produtores parecem já ter confirmado que a origem dele não será mostrada antes do filme solo, então, podemos supor que toda a parte do surgimento do Venom poderia mesmo ser contada em seu filme solo, com ele surgindo, sendo derrotado pelo Aranha, e indo mais além nessas suposições, com ambos, Aranha e Venom se unindo ao final do filme para derrotar o Carnificina (no que já seria uma mistura com a saga Carnificina Total). Além deisto tudo, talvez agora seja o momento certo para introduzir o simbionte na vida de Peter, nesse período em que ele tenta se recuperar da morte da Gwen, onde ele estaria mais “vulnerável” à influência do simbionte.

A Última Caçada de Kraven

spiderartist13Considerada uma das melhores histórias do Aranha, e quem sabe uma das melhores histórias da Marvel e do gênero de super heróis, “A Última Caçada de Kraven” foi publicada (dividida em 6 partes) em 1987, escrita por J.M DeMatteis e  e se estendeu por diversos títulos do personagem(The Amazing Spider-Man 293 e 294, Web of Spider-Man 31 e 32, The Spectacular Spider-Man 131 e 132). Na história, Kraven o caçador retorna mais obcecado do que nunca em caçar o Aranha, após diversos anos de derrotas ele bola um plano para derrotar o herói e tomar o seu lugar, ele consegue seu objetivo e utiliza uma poderosa poção para que o herói fique em um tipo de coma por dias, assim Kraven o enterra vivo no cemitério de sua casa. Nos dias em que o Aranha estava enterrado, o vilão toma o lugar do herói, e usa métodos pouco ortodoxos para caçar criminosos. Ao fim da história, Homem-Aranha e Kraven voltam a se encontrar, porém, vendo que cumpriu seu objetivo, de vencer o Homem-Aranha, o vilão deixa o herói ir embora, para logo em seguida se suicidar com um tiro de espingarda na cabeça. A história possui um tom sério, e “dark”, bem característico do período em que foi publicada, e é bastante lembrada, entre muitas coisas, por ter elevado Kraven à um “nível superior” de vilão, já que até então ele só era mais um dos clássicos adversários do Aranha que vinham sendo surrados nas HQs desde os anos 60, além disso, a história explorava muito bem a obsessão de Kraven pelo herói aracnídeo e até o seu distorcido “código de honra”. O diretor Marc Webb já expressou mais de uma vez seu interesse em usar Kraven em um filme, e se ele quiser faze-lo, será em TASM 3, o último filme do herói que terá Webb como diretor, e em tal caso, “A Última Caçada de Kraven” seria uma referência óbvia a ser usada para o roteiro do filme, é claro, mudanças com certeza seriam feitas, afinal, nos quadrinhos a história se passa num momento em que o herói e o vilão já vem trocando “sopapos” à bastante tempo, sem falar que no filme, eles teriam que decidir, matar ou não o vilão, algo que eles tem tentado não fazer nestes filmes, mas caso decidissem ser fiéis à HQ, com Kraven se suicidando, e mais tarde quisessem trazer o personagem de volta, de um certo modo, poderiam usar algum dos filhos dele.

Sobre o Autor

Nascido em 10/08/1994, (mesmo dia e mês da primeira aparição do herói). Fã do Aranha desde os 3 anos, assim como de outros personagens tais como Batman e Superman. Bastante ligado nas adaptações do herói para outras mídias, tendo jogado todos os games do herói desde a geração do PS1, além de também ter jogado alguns ainda mais antigos. Também é colecionador de Action Figures.

One Response so far.

  1. Mancadas do Aranha disse:

    Muito interessante a lista. Mas só não concordaria se fizessem essas alterações na Morte de Jean DeWolff. Tem que ser o Devorador de Pecados. Pode ser outro não. Ele é o ponto forte da história. Um homem comum. Nada de supervilão, só um homem.

Leave a Reply


Wordpress Themes

VÍDEOS

PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte