Presto Gaudio On agosto - 15 - 2014

Homem-Aranha Superior 8

Bem-vindos leitores do aracnídeo superior. Neste mês de agosto trago mais uma review atrasada…hehehe… falarei da Homem-Aranha Superior número 008 de julho de 2014. Sou só eu ou vocês também estranham esses três dígitos na numeração? A Panini é bem otimista…hehehe. Nesta edição tivemos Superior Spider-Man 14 e 15 e a última edição de Avenging Spider-Man, a de número 22.

Foram três edições com três histórias diferentes. Na primeira revista vemos a Terra das Sombras sendo destruída pelo recém criado exército do aracnídeo. Sei que pode ser considerado uma falha como resenhista, mas parece que a Terra das Sombras que foi criada nas páginas da revista do Demolidor foi muito mal explorada, além do arco do Demo-Demolidor ninguém mais trabalhou com ela direito. Outro problema foi o exército e a nova roupa do Aranha, parece que eles foram criados da noite para o dia sem maiores explicações, ou tudo foi feito nas entrelinhas ou eu perdi algumas edições. Embora esses detalhes tenham me incomodado um pouco, no geral eu gostei da história que finaliza com um novo Rei do Crime “das sombras”.

 3196725-destruction

A edição seguinte temos o início de um pequeno arco em duas partes sobre o desenrolar do recém-desempregado Duende Macabro. A “mascara” de Otto cada vez mais frágil entre amigos, vilões e aliados. E um Superior não tão superior, por não desconfiar dos problemas que vem ocorrendo com seus aranhabôs. Agora os problemas, e eles ocorrem nas duas edições de Superior Spider-Man: o nosso velho conhecido Humberto Ramos. A arte dele não está na pior forma, mas o excesso de estilização incomoda, principalmente quando desenha pessoas de corpo inteiro, ou expressões exageradas, ou anatomias impossíveis… ok, é o mesmo Ramos de sempre… mas o Victor Olazaba ajuda a melhorar o desenho…

7ddbfce11f4c9bb3d2132f6c2a6a03b8

A revista fecha com a última edição de Avenging Spider-Man, a edição número 22 teve a participação especial do Justiceiro na luta contra Mysterion (não foi erro de digitação, mas mais um vilão da franquia do Duende Macabro original). A aventura faz uma breve referência a primeira aparição do personagem em The Amazing Spider-Man nº 129 de Fevereiro de 1974. A história, com os roteiros de Chris Yost, não revela grande coisa e Frank Castle ameaça caçar o Aranha se ele cruzar a linha??? Pois é… A arte do David Lopes é apenas satisfatória, melhor que o Humberto Ramos na Superior, mas só. Mês que mês teremos mais Duende Macabro, mais Vingadores e um convidado especial do futuro… até

Avenging22_04

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte