André Marques On setembro - 20 - 2014

A Teia do Homem-Aranha Superior 2

A edição de A Teia do Homem-Aranha Superior de junho trouxe quatro edições do título do Agente Venom e o fim da minissérie Carnificina Superior.

A revista inicia com a continuação do arco do Agente Venom que começou na edição anterior. Eddie Brock, o Toxina, ataca a criatura, que acaba por conseguir escapar. Flash Thompson é alertado pelo Fera, que fazia parte da mesma equipe de Vingadores Secretos que ele, sobre a tal criatura. Ele diz que já estava à procura dela e que contuniará na busca. Mas antes, ele precisa ir a outro compromisso: uma reunião de alcoólicos anônimos. Seu problema agora não são as bebidas, mas sim, a droga que ele injeta através de seringas para conter o simbionte. Como não pode falar isso, simplesmente diz ser um alccólico, como todos lá.

VenomToxin-01

A seguir, ao fazer sua patrulha, Venom encontra a criatura. Mas logo é surpreendido pelo Toxina. Os dois começam a confrontar-se e no meio disso, Brock mata a criatura. Flash não se conforma com a atitude de seu inimigo e o ataca com tudo. Porém, o Toxina acaba por dar um golpe que seria fatal para Flash se não fosse o simbionte. Para se livrar da complicada situação, ele usa uma seringa para enfraquecer o simbionte de Eddie. Este, por consequência vai embora dali. Thompson, arrebentado, aparece no telhado do seu prédio, onde estava sua vizinha e aluna, Andy. Ela oferece ajuda, mas ele recusa. A seguir, vemos que o vírus toma conta de outros mendigos e vai atrás do Venom.

No dia seguinte, Brock encontra Flash na sua escola e diz que quer confrontá-lo imediatamente. Ele o provoca salientando o fato de ele trabalhar num local cheio de crianças com um simbionte que pode se descontrolar a qualquer momento e causar um desastre. Porém, um outro desastre estava prestes a precisar ser evitado. Eles são surpreendidos pelas novas criaturas, que rastrearam o Venom até a escola. Flash e Eddie são obrigados a trabalharem juntos para proteger o local. Eles conseguem deter a ameaça, mas Brock alerta Thompson: ele vai estar de olho, pois sabe que uma hora ou outra ele não conseguirá conter o simbionte.

A última edição do título nesta revista apenas mostra o cotidiano de Flash: suas aulas e patrulhas. É importante ressaltar aqui a provável descoberta de Andy de quem Flash realmente é, quando ele atinge a bola num aluno que havia, sem necessidade, atingindo um colega no rosto numa partida de queimado (somando isso ao fato de ela o ter encontrado no teto do edifício sem sua cadeira de rodas). Lembrando que ela terá grande destaque nas últimas edições do título. Por fim, o Agente Venom encontra o Lorde Ogro e descobre que ele estava traficando pessoas. Mas isso fica para as próximas edições.

VENOM36COV_col_sm

Esse último arco do título peca em dois pontos. O primeiro é fato de o roteirista Culen Bunn ter deixado aparentemente de lado o plot do demônio dentro de Flash, inserido por ele mesmo pouco antes de assumir o título. Porém, isso será trabalhado nas últimas edições. O segundo ponto é o Eddie, que não tem clareza no seu objetico de matar o Venom e o Flash. Vingança pelo que houve no arco do Sexteto Selvagem? Ou apenas a sua vontade de acabar com os simbiontes (depois do câncer que teve, causado pelo seu contato com Venom, e seu período como Anti-Venom)? Não só isso, mas também vejo uma incoerência por parte do personagem, ao acusar Flash de poder perder o contole sobre o simbionte quando ele mesmo também está com um. Pra mim, é um retrocesso muito mal usado do personagem.

A segunta parte da revista traz as três últimas edições da mini Carnificina Superior. Bentley Wittman, o Mago, une, com sucesso, o Carnificina ao Dr. Malus, que se torna o Carnificina Superior. Com isso, Bentley vai dar início a seu plano: atacar a prefeitura de Nova Iorque, chamar a atenção da imprenssa e mostrar para seu filho, Bentley 23, a sua capacidade. O Garra Sônica continua alertando o Mago sobre o seu cérebro afetado. Logo, ao chegarem à prefeitura, dão de cara com o Homem-Aranha Superior.

O ataque começa e o Homem-Aranha confronta o Mago, que, ao vasculhar a mente do aracnídeo, descobre que lá está Otto Octavius. Assim, Otto, em choque, deixa o vilão cair de uma altura considerável. Com isso, o controle mental sobre o Carnicifina é perdido e este mata o Garra Sônica causando uma explosão que faz o simbionte sair do Dr.Malus e se unir ao Mago.

tumblr_n751ws3saB1twdz6wo1_1280 (1)

Com isso, chegamos à última edição. Com uma narrativa bem agradável da consciência do Garra Sônica, ela começa mostrando os vários hospedeiros do Carnicifina (inclusive o Ben Reilly e sua última hospdeira, que apareceu na mini Carnage [2010], publicada em A Teia do Homem-Aranha 9, de outubro de 2011), mas salientando a importância de Cletus Kasady, seu primeiro hospedeiro, para o simbionte. Logo, vemos o Homem-Aranha Superior mandando trazer Kasady ao local para o simbionte deixar Bentley e voltar para seu hospedeiro original. Assim é feito e ninguém consegue controlar o Carnificina, que fica prestes a matar Bentley. Porém, a consciência do Garra Sônica usa suas últimas energias para parar o simbonte. Logo, Bentley é preso, mas teve sua sanidade restaurada devido ao contato com o simbionte e vê que seu filho viu tudo pela internet. O Carnificina é levado à ilha do Otto, ficando junto aos seus outros prisioneiros. E a edição termina mostrando que Cletus também deve ter tido sua mente restaurada depois do contato com o Carnificina. Mas ainda teremos a edição anual para vermos no que isso vai dar.

O roteirista Kevin Shinick melhorou a mini nas últimas três edições, dando continuidade aos acontecimentos de Carnicifina Mínima, relacionados ao Carnicifina, dando um destaque ao Garra Sônica na última edição, com ótimas reflexões; e usando o Homem-Aranha Superior muito bem, acrescentando conteúdos para plots importantes, como os seus prisioneiros.

As histórias aqui resenhadas foram originalmente publicadas em Venom 33 a 36 e Superior Carnage 3 a 5.

Na próxima edição, teremos o encerramento do título do Venom, com um novo simbionte, e a anual de Carnificina Superior. Até lá!

Confira tembém o Thwip View desta edição.

Sobre o Autor

André Marques (antes autor do The Amazing Spider-Blog, theamazingspiderblogg.blogspot.com.br) tem 21 anos e é de Recife-PE. Costuma ler a Marvel desde 2006, tendo como personagens favoritos o Homem-Aranha, Mulher-Aranha (Jessica Drew) e Jessica Jones.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte