Presto Gaudio On outubro - 13 - 2014

Homem-Aranha Superior 10

Olá Aracnofãs, na última edição do Homem-Aranha o plot principal foi a viagem no tempo, assim a revista de setembro viajou no tempo para ser lançada exatamente no mês de setembro!!! Ohhhh!!! Neste número tivemos as edições americanas de Superior Spider-Man 18 e 19 e Superior Spider-Man Team-Up 2, de novembro, dezembro e outubro de 20113, respectivamente.

ss182

Dando continuidade e a conclusão da história iniciada no mês passado Otto enfrenta Miguel O’Hara que volta no tempo para resolver um evento cronal que pode destruir o ano de 2099 como conhecemos. Esta edição inicia no mesmo ponto da passada, com o Homem-Aranha sendo impedido de espancar o cientista mal caráter Tiberius Stone por sua contraparte futurista. Miguel ainda tenta dialogar com o suposto Peter, mas Otto eliminou essa parte da memória e resolve o impasse de uma forma nada superior, confrontando-o. A edição se desenvolve com Miguel fugindo com Stone, depois dele embaralhar o sentido de aranha de Otto; Tyler buzinando no comunicador que é essencial preservar a vida de Tiberius; o Grandy espionando o passado em busca de provas contra Tiberius; e Otto aproveitando a zona do Laboratório Horizonte para pegar suas invenções e levar pra Ilha Aranha.

Superior_Spider-Man_Vol_1_19_Textless

Grandy descobre que a crise temporal foi provocada por diversas sabotagens que Tiberius fez no decorrer dos meses. Miguel aparece e descobre que ele pode impedir a criação da Alchemax e seu futuro sombrio se salvar o Laboratório Horizonte. Mas a crise ético-temporal de Miguel é resolvida com o aparecimento surpresa de Otto que desfere um soco e tomba o crononauta.

Na edição seguinte temos um breve preambulo com Carlie e Aparição em uma ilha do Caribe buscando evidencias contra o atual Homem-Aranha. De volta para o Laboratório Horizonte, Otto se ve obrigado a acessar as memórias escondidas de Peter no mais profundo de sua mente para evitar uma catástrofe. Embora ele não consiga acessar a memória específica, consegue evitar o pior, no entanto houve consequências: Tyler Stone destrói o dispositivo temporal e deixa Miguel preso no passado (mais uma borboleta a ser pisada que abre brecha para o futuro ser reescrito); o Laboratório Horizonte é destruído, em seu lugar surge o Novo Horizonte (não a cidade) de volta a base naval; devido os últimos surtos de arrogância de Peter e do Homem-Aranha todos seus amigos cortam relação, com exceção da pequena Anna; a criação da Alchemax; e a dupla do início da história descobre quem financia os Aranhetes.

superiorspiderman19658

Ótima história do Dan Slott, recheada de referências que deixa um enorme gosto de quero mais. Será que Miguel será bem aproveitado no presente ou é apenas mais um Aranha a ser jogado na geladeira ou ser subaproveitado? Recentemente ele ganhou uma nova mensal, mas não sei do que se trata a história, só nos resta torcer para ela ser publicada por aqui. Quanto aos desenhos, Ryan Stegman se supera na ilustração, representação e narrativa: desenhos limpos, ágeis e expressivos, aliados a uma ótima montagem e utilização de recursos como as bolhas temporais que ameaçavam Tyler durante toda a história.

Por fim, a revista termina com o segundo número da Marvel Team-Up, que continua a história com o Homem-Aranha e o vírus Carniça. Na edição passada já havia sido revelada ao leitor a participação do Chacal, mas só agora que Otto descobre. Mas antes temos o encontro com o novo Aranha Escarlate, infelizmente Otto se mostra cada vez mais impulsivo e já parte para a porrada contra a pessoa que um dia o matou. A briga foi apenas para enrolar um pouco antes deles precisarem se juntar para lutar contra os asseclas do Chacal.

superior-spider-man-team-up-2-jackal

Achei o roteiro de Chris Yost bem preguiçoso, embora Kaine esteja bem caracterizado, Otto parece que perdeu parte da capacidade de processamento junto com a eliminação das memórias do Peter.  Um personagem que insiste em se chamar de superior não pode se deixar levar pelos impulsos a toda oportunidade. Em compensação gostei muito da arte de Marcos Checchetto, um desenho que tende para o realismo, explorando os detalhes sem deixar o traço carregado.

É isso, outubro teremos o final da história com o Aranha Escarlate, Gata Negra e um fill in da saga Infinito (não sei se vale a pena, mas estarei aqui para contar).

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte