Erick Vinícius On fevereiro - 13 - 2015

Thwip View 075 – Homem-Aranha no Marvel Studios!

Thwip View 075 - Homem-Aranha no Marvel Studios!Bem vindo ao Thwip View, o nosso programa semanal de comentários e reviews (OU NÃO)!

No programa de hoje quebramos todas as regras e usamos o programa todo pra falar da maior novidade cinematográfica da década!!!

 
 
 
 
 

OUÇA TAMBÉM OS NOSSOS ÚLTIMOS PROGRAMAS!

Clique aqui para baixar o programa através do link alternativo

COMENTADO NO PROGRAMA:
AGORA VAI! Sony e Marvel finalmente juntas!
Mais informações do Homem-Aranha na Marvel Studios
E começa a busca pelo novo ator para o Homem-Aranha

Dossiê Saga do Clone!

The Punisher | Dirty Laundry

CONFIRA TAMBÉM:

Assine nosso feed e seja o primeiro a receber os novos Thwip Views:

Feed de Thwip Views

Se quiser entrar em contato conosco, envie um e-mail para: thwipcast@aracnofa.com.br

Até a próxima!

Sobre o Autor

Erick Vinícius tem 29 anos, é cristão, formado em Engenharia Elétrica, projetista de esquemas elétricos de automóveis e, logicamente, maluco pelas histórias do Homem-Aranha!

  • Júlio Cesar Baptista

    Já adianto minha sugestão para uma serie seja na TV ou Netflix..
    INIMIGOS SUPERIORES DO HOMEM-ARANHA!

  • Raphael Souza

    Cara, pra mim um filme do Homem Aranha nunca vai ficar 100%, é muita coisa, sempre vai faltar algo. O mais viável seria uma série de TV ou no Netflix, daria por explorar tudo da mitologia do personagem e histórias de arcos fechados podiam adaptar pras telas de cinema.

  • Telma

    Olha, o encerramento com a música do Roberto Carlos ficou muito bonito, abrilhantou o podcast… 🙂

  • guest

    Justamente o modo de interpretação dos dois atores, é o que faz a diferença na história de seus personagens. Nós víamos que Tobey interpretava um Peter Parker que tinha uma vida árdua, cheia de obrigações, deveres e responsabilidades. Víamos o quanto ele se esforçava para fazer tudo certo, realmente dava duro, se esforçava, tanto para si, quanto pelos outros. Quando ele decepcionava alguém, era porque realmente não tinha escolha, seu lado heróico sempre falava mais alto e isso afetava sua vida. Diferente do Andrew, que se mostrou um completo rebelde sem causa, fugindo de casa por causa do maldito fascínio pelos seus pais, causando a morte de seu tio Ben apenas por esse motivo. Não satisfeito, foi egoísta em se revelar pra Gwen, como eu já disse, sem se preocupar com sua segurança. No final do primeiro filme de Tobey ele teve que ser homem suficiente pra dispensar a mulher de sua vida, em nome de sua segurança. Entre essas coisas e outras muito mais, eu não consigo admitir quando falam que Andrew foi melhor que Tobey, principalmente quando os motivos são totalmente torpes e irrelevantes, como “ser piadista”. Gosto de heróis pelo que eles fazem, não pelo que eles são. Igual aquela frase de “Batman Begins”. Foi o que faltou nessa nova franquia, o que pra mim, explica parte de seu fracasso. Outra coisa que me deixa na dúvida é se o Andrew faria um bom Peter, se fosse ele o escolhido na época dos primeiros filmes. Mal tinha sido lançado o universo Ultimate nos quadrinhos, portanto toda a base era inspirada no universo clássico. O problema também foi que ele inseriu uns trejeitos irritantes, como o fato dele repetir a mesma frase o tempo todo numa conversa, ou gaguejar, ou piscar 50 vezes por segundo, aparentando uma espécie de cacoete, coisa que eu nunca vi nos quadrinhos. Enfim, só acho que ele não foi a escolha certa para interpretar Peter Parker, principalmente me relação a aparência. Analisei bem as expressões dele e tudo mais, o cara é só pescoço, tem uma mão gigante, cabeça pequena e bruxismo. Vendo por esse lado, até assim eu posso criticá-lo. Talvez vc não concorde com este meu ponto de vista, pois é absolutamente pessoal e particular, mas fico feliz de vc ter concordado comigo anteriormente. Só nos resta ver o que vem por aí, e que os mesmos erros não sejam cometidos. Tomara.

  • guest

    Prefiro o Tobey, o Aranha dele foi mais heróico, responsável e altruísta. Não senti falta das piadas, até porque isso nunca foi importante pra mim. Nos quadrinhos eu achava engraçado, mas se visse isso nos filmes, não sei o que acharia. Fora que a personalidade do Peter dele foi bem diferenciada do herói, balanceando da maneira certa. Ele mandou bem na timidez (exatamente como o clássico Peter era), na inteligência e na ousadia em algumas cenas, o que não deixava suspeitar que ele era o Homem-Aranha. Além dos filmes terem sido executados com maestria pelas mãos de Sam Raimi, apenas escorregando no 3º filme, por questões internas dos realizadores. Porém, tanto a época do filme, quanto seu modo de execução provam a superioridade com esta nova franquia. Tobey teve a sorte de cair nas mãos de pessoas responsáveis, e achei que ele fez tudo correto. Já o Andrew, por mais que fosse inspirado no universo ultimate, e mesmo ele se intitulando um fã genuíno do Aranha, fez um Peter que era muito metido a playboy, além de possuir muitas outras características contrárias ao personagem, como o fato dele praticar esporte, ser um rebelde sem causa, além daquele fascínio insignificante pelos pais dele, que ngm se interessava, o fato dele se revelar pra Gwen sem se preocupar com sua segurança, passar maior parte do filme sem máscara, cometer burrices como deixar seu nome na máquina fotográfica e deixar o vilão descobrir a identidade secreta, não impedir a Gwen de estar em perigo no segundo filme, deixando-a a vontade para estar lá (com um discurso, diga-se de passagem, muito feminista), sobretudo com o roteiro tedioso do primeiro filme e imaturo do segundo. Com todo respeito ao Andrew, sei que ele atua bem, já vi outros filmes dele e o cara é legal, mas ele não fez um Peter Parker descente, e as pessoas que o defendem são porque têm uma visão aparentemente distorcida de como o personagem realmente deveria ser: um herói. Só vejo pessoas aclamando-o por ele ter feito o Aranha piadista e engraçado das hq’s, que tira sarro dos vilões. Definitivamente não consigo ver isso como um trunfo, pois os pontos negativos cobrem totalmente os fracos pontos positivos. Se ele fosse herói de verdade, jamais deixaria a Gwen correndo perigo, e não foi o que ele fez. Além de ter quebrado a promessa feita ao pai dela, ainda a deixou correndo perigo no final do filme, isso não é a atitude de um bom herói. A arrogância de seu Peter passou longe da bondade e doçura transmitida por Tobey Maguire que, pra mim sim, passou empatia e gosto pelo personagem. Ainda tenho fé que ele volte, por mais que ele esteja com uma idade avançada, ainda acho que ele daria conta. Mas a certeza de ter o Andrew fora já me alivia, pois ele conseguiu me fazer ter raiva do personagem no cinema, e não queria ter sentido isso, tanto pelo personagem, quanto por ele.

  • guest

    O Tobey teve muita sorte de cair em mãos certas, talvez se na época fosse o Andrew ele também teria se saído bem.

    Faltou muita coisa pro Andrew ser excelente, teve seus pontos positivos, mas os negativos foram muito mais gritantes e acabaram encobrindo as coisas boas.

    O Homem-Aranha do Tobey foi muito mais herói, tirando o 3º filme que foi um erro. Ele foi o que um herói tem que ser. O Andrew só soube decepcionar à todos no filme, quebrando promessas, sendo negligente, pretensioso e vaidoso. Isso é ser o Homem-Aranha?

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte