Presto Gaudio On abril - 13 - 2017

Homem-Aranha: Aranhaverso 9

Como todos já sabem a faminha aracnídea cresceu e ganhou uma nova casa mensal, a revista Aranhaveso que reúne a maior parte das histórias dos personagens secundários da franquia. Nesta edição começamos com dois e três de Spider-Man 2099, roteiros de Peter David, arte de Will Sliney e cores de Frank D’Armata e Andres Mossa. Na primeira 2099 pós Guerras Secretas parecia que tudo ia se acertar para nosso amigo Miguel, até que tudo deu errado e terminou com a explosão do restaurante onde ele jantava com Tempest. Agora, Miguel está se recuperando em um leito de hospital onde recebe a notícia da morte da garota.

 4832817-spider-man_2099_2_preview_3

Uma rápida investigação leva Peter e Miguel a descobrir sobre diversos atentados pelo país no mesmo momento da explosão do restaurante e uma pista robôs, levando-os a quem seria o maior especialista em robótica do mudo Dr.Alexi Cronos, o tutor de Von Dom. E eis que Miguel volta com um novo uniforme, agora com tecnologia avançada (mais que de 2099???) em busca de vingança. A trama ainda está sendo construída, mas não me empolguei nesse primeiro momento.

 Em seguida, duas histórias da Gwen-Aranha, a primeira ela se alia à Capitã América (depois de um breve desentendimento) contra um exército de lagartos e o grupo criminosos S.E.D.A. Enquanto na história seguinte temos uma conversa multiversal com a participação especial de Jessica Drew, em paralelo a investigação sobre o submundo da Terra 65 continua, e o capitão Stacy é ameaçada por Matt Murdoch. Nas páginas finais vemos o retorno de Harry que, depois de muito treinar, jurou se vingar da Mulher-Aranha (pra quem está confuso é a Gwen) que assassinou seu amigo Peter Parker. Os roteiros de Jason Latour, ilustrações de Robbi Rodriguez e cores de Rico Reinz.

 5

Depois a Jessica Drew enfrenta Skrulls no Hospital da Tropa Alfa que a Carol Danvers indicou para a amiga ter seu filho. Dennis Hopeless, Javier Rodriguez e Álvaro Lopez (roteiro, desenho/cores, arte final, respectivamente) nos mostram com muito bom humor que não devemos mexer com grávidas, principalmente se elas tiverem super poderes ou foram treinadas para matar.

 Enquanto isso a Teia de Seda precisa aprender a levar sua vida tripla: agente da Shield, capanga da Gata Negra e estagiária do JJ. No meio tempo ela encontra um dos esconderijos dos Duendes, basicamente a escola internato para jovens duendes verdes. Os roteiros dessa história são de Robbie Thompson, arte de Tana Ford e cores de Ian Herring.

 E fechando a revista, a segunda edição de Web-Warriors trazida por Mike Costa nos roteiros, David Baldeon nos desenhos, Scott Hanna e Livsay na arte final e Jason Keith nas cores. Acompanhado os Guerreiros da Teia contra os Electrons, não os pokémon, mas os Electrons do multiverso. Arte e roteiro bacana, tudo acontece muito rápido e termina com o vilão do filme do Hulk com o Eric Bana para ser derrotado na próxima edição.

 

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte