Presto Gaudio On maio - 19 - 2017

Guerras Secretas – Fim do Universo Ultimate

Nesta resenha apresento o Fim do Universo Ultimate. Sim, dessa vez ele termina mesmo, se é que já não tinha terminado antes mesmo dessa história. Mas vamos por partes, com roteiros de Brian Michael Bendis, desenhos de Mark Bagley, arte final de Scott Hann e cores de Justin Ponsor, temos a reunião da equipe criativa principal da última fase desse universo.
Desde o início a história é estranha, embora muito do que é mostrado nos remete aos momentos finais do encontro dos dois universos, 616 e Ultimate, há um incômodo. Temos uma reunião entre os membros de duas versões dos Vingadores, cada uma de seu universo, discutindo algo terrível que um dos Homens de Ferro teria feito. Relembramos então da cena do portal entre os dois universos se fechando logo após o final do encontro entre os X-novinhos e o Milles (obrigado Carol pelo recordatório). Porém, embora o momento seja o mesmo com acontecimentos muito similares, logo percebemos que não é o mesmo evento, mas uma repetição dele em uma nova realidade, uma onde vários universos coexistem no Mundo de Batalha.
Secret-Wars-Ultimate-End-4-Spoilers-Sigil-Crossgen-A
Essa confusão, de idas e vindas, das quais nunca temos certeza do quanto Bendis alterou  da cronologia para servir às Guerras Secretas. Aqui os heróis coexistem, embora estudar aquele fenômeno que ocorreu novamente nesse mundo seja considerado heresia por parte de Destino e o preço pago é bastante alto. O maior problema da narrativa, é ser confusa, não sabemos o que podemos considerar do histórico dos personagens, nem quando uma determinada pessoa já trocou figurinhas com sua contraparte.
No fim, a revista serve como uma grande ponte do antes e depois de Guerras Secretas sem ser na realidade nem uma coisa nem outra. É meio triste para quem acompanhou o universo Ultimate desde o início e passou por tantos cataclismas que no fim não resultaram propriamente numa conclusão para depois chegar no encerramento definitivo com apenas uma sombra do que acompanhava.
Secret-Wars-Ultimate-End-4-Spoilers-Sigil-Crossgen-B
A história então se desenvolve com momentos de flashback que tentam explicar o que está acontecendo para os personagens e leitores, e momentos presentes que só nos confundem ainda mais. Até que um fator externo, um sobrevivente do multiverso aparece para causar mais caos ainda antes de todos se unirem por uma causa comum. E a conclusão da história fica em Guerras Secretas 9, seu epílogo, em poucas páginas mostra um pouco do reboot pós Guerras Secretas. E pode falar o que for, para alguns personagens foi reboot sim, ou FlashPoint, pode dar qualquer nome que queria, mas a cronologia foi reescrita.

Sobre o Autor

Colecionador de quadrinhos desde A Morte do Super-Homem (antigamente, era assim que se escrevia). Já o Homem Aranha foi a fatídica saga do Clone que, podem me criticar, eu gostei, embora tenha acabado muito ruim e terem exterminado qualquer consequência. Historiador de formação que ainda sonha em ser arqueólogo.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte