Gustavo Mannarelli On julho - 11 - 2019

Resenha: Venom #16

Atenção, esse post contem informações inéditas no Brasil e Estados Unidos. 

Quem disse que é fácil cuidar de criança?

Plot: A edição começa com o Eddie feliz de enfim poder ouvir seus pensamentos, e lembrando de como se separou do Simbionte e do que houve no tie-in dele de Guerra dos Reinos (resumindo, ganhou um simbionte asgardiano e perdeu), mas que agora as coisas não estão fáceis, já que era o Simbionte quem sustentava ele, e sem o mesmo, mas com um filho que nem sabe que ele é o pai no lugar, agora o Eddie que é o provedor. O fato do garoto está doente não ajuda, e isso desperta certas alucinações no Eddie. Depois de calar a voz familiar na cabeça dele, o Eddie vai atrás de sustento.

 

 

 

 

 

O Eddie vai então pedir emprego pra um conhecido dele no Globo Diário (não tinha fechado?), que à início não dá nada (despertando de novo àquela vozinha na cabeça do Eddie), mas no fim o tal Gregg dá um artigo pro Eddie fazer, sobre as crianças desaparecidas durante a Guerra dos Reinos, só pro jornal não parecer não dar a mínima (e não dá mesmo), que o Eddie aceita.

 

 

 

 

 

 

 

O Eddie então vai investigar, mas o que ele encontra é uma pilha de dinheiro manchada de sangue (preciso dizer o que a voz do Venom tenta convencer ele à fazer?) e um bando de sem-tetos que sofreram lavagem cerebral do Carnificina, e nisso o Eddie se solta, se imaginando como o Venom, descendo um cacete violento no pessoal enquanto invade o lugar, onde no interior ele encontra alguém familiar com as crianças sumidas: Emil Gregg, o cara que achava ser o Devorador de Pecados (e verdadeiro responsável pelo fim da carreira jornalística do Eddie), no disfarce de Devorador de Pecados (detalhe que esse cara já morreu tem um tempo. Carnificina tá com funcionários fantasmas).

 

 

 

 

O Devorador então revela que as crianças serão um tributo ao Knull, e que o Carnificina quer que o Eddie lembre do passado  e tenha sangue nas mãos dele de arrancar a espinha dele fora, e nisso vemos o Eddie descendo o cacete no defunto enquanto o mesmo conta todo o plano maquiavélico do Carnificina. A edição acaba com o Eddie, imundo de sangue, levando as crianças pro Globo e extorquindo um dinheiro do Gregg antes de chamarem a polícia (ele matou gente na base da porrada), terminando a edição conseguindo enfim alimentar o filho e vendo um programa na televisão.

 

 

 

 

Analise: Edição divertida pra mostrar como está a vida do Eddie agora. Tem uma ação maneira e a volta de um bom velho vilão (não é o Stan Carter, mas já é um começo). A boa e velha calmaria antes da tempestade.

Nota: 7,5

Sobre o Autor

Só mais um daqueles fakes da internet que por acaso também é fã do Homem-Aranha.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte