Gustavo Mannarelli On agosto - 7 - 2019

Resenha: Black Cat #3

Atenção, esse post contem informações inéditas no Brasil e Estados Unidos.

Aprenda ao lado da gata como ser safo como uma raposa.

Plot: A história começa com o Bats, o cachorro fantasma do Doutor Estranho, acordando com uma barulheira e dando de cara com a “Silver Sable” (se disser que não é estão mentindo 😁), que junto com a gangue dela está apanhando do Xander, o mago que invadiu “sozinho” o Sanctum Sanctorum pra roubá-la. A serpente de duas cabeças (agora gigante) e a gangue da Gata até tentam detê-lo, mas nada adianta e nisso temos um flashback no melhor estilo Cavaleiros do Zodíaco, onde a Gata lembra os do mestre dela, o Raposa Negra, que a ensina que sempre que um problema for grande demais pra ela, que ela então torne esse problema o problema de outra pessoa.

 

 

 

 

De volta ao presente, a Gata e todo o pessoal fogem com bombas de fumaça, mas o Xander os segue… até um quarto que eles tinham passado repleto de demônios. Agora o Xander é problema dos capetas e a Gata e sua gangue de incrédulos (achar que mágica é mera manipulação das probabilidades, que tolice…) podem fugir, certo? Errado, o Xander deu conta dos demônios e ataca todos com feitiços clássicos do Doutor Estranho, até que ele ataca a Gata e algo dá errado.

 

 

 

 

 

 

Eita, não é que mágica é manipulação das probabilidades mesmo, e os poderes da Gata são justamente manipular as probabilidades. Usando então sua recém-descoberta imunidade mágica, a Gata nocauteia o Xander e ela e a gangue fogem pela porta da frente, encontrando um preocupadíssimo Raposa Negra enquanto o Bats descobre que aquela não era a Silver Sable (FUI TAPEADO!!!!) enquanto a Gata cuida do pagamento pra Odessa não matá-la e o Raposa informa que o próximo alvo deles é o Quarteto. FIM

 

 

 

 

 

 

Analise: Olha, devo admitir, não dava muito pra esse título mas ele anda bastante divertido (assim como foi pra mim escrever essa resenha em particular). O roteiro é engraçado e a leitura é fluída (embora com alguns Deus Ex Machina, mas que realmente são possíveis), e a arte é boa (embora algumas expressões das personagens sejam de cair o queixo).

Nota: 7,5

Sobre o Autor

Só mais um daqueles fakes da internet que por acaso também é fã do Homem-Aranha.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte