Gustavo Mannarelli On novembro - 22 - 2019

Resenha: Amazing Spider-Man #34

Atenção, esse post contem informações inéditas no Brasil e Estados Unidos. 

Viagens no tempo: não tem como não dar errado…

Plot: A edição começa com o Miguel O’Hara vagando pelas ruas tentando lembrar como (Destino 2099) e porque (distorções temporais) ele voltou no tempo, e o que é pra ele fazer exatamente, tudo enquanto ainda é perseguido pelos Berserkers da Roxxon. Enquanto isso, na faculdade, o Peter e um colega discutem sobre o Clairvoyant, o aparelho capaz de analisar o multiverso criado como trabalho em grupo de doutorado pelo Peter e seus colegas. O colega do Peter, Jamie, explica que embora possa ter várias aplicações pro futuro, o aparelho precisa de uma fonte de energia e uma escala muito maior pra funcionar, e advinha quem o Jamie tá querendo convencer a fazer isso. A conversa acaba sendo interrompida pelas novas na TV.

Acontece que, sob as ordens da Condessa, o Matador meteu um tiro bem no coração do Doutor Destino enquanto ia pra ONU discursar. O Camaleão tem uma discussão com a Condessa via Skype enquanto isso, com o primeiro questionando a sanidade em declarar guerra contra a Latveria (e isso porque eles acham que o Destino morreu mesmo, tolinhos…), mas a Condessa ainda tem planos pra isso.

Vemos então o Aranha, com sua mochila de teia, chegando ao local e confrontando a guarda da Latveria até que o Aranha arranca a cabeça do Destino, provando que esse era só mais um Destinobô. A cabeça então eletrocuta o Aranha e o robô se remonta e se prepara pra atacar, com o Peter sendo salvo pelo Miguel, que acaba trazendo os Berserkers junto, que começam a atacar eles. O Miguel então isola eles com uma jaula elétrica e explica o motivo da vinda dele: acontece que o universo 2099 não é uma realidade paralela, mas o futuro real do 616, e todas as viagens no tempo vivem desestabilizando ela, e acontece que algo naquele momento ameaça mandar o futuro pra PqP de vez.

 

 

 

 

A edição encerra com uma explosão, com o Miguel sumindo, Nova Iorque sofrendo um blecaute e a cidade sendo tomada por Destinobôs enquanto o Destino declara que essa tentativa de assassinato não vai sair impune, e o Aranha não tendo ideia do que fazer enquanto vemos o Clairvoyant na mochilinha de teia.

 

 

 

 

 

 

 

 

Analise: E a situação continua escalonando pra algo mais sério. Embora já pareça bem obvio qual a causa da treta temporal da vez, é legal ver que 0 2099 é mesmo o futuro oficial do 616. A arte como sempre continua impecável (chega ser uma pena mudarem de artista nas edições seguintes), tanto que é uma escolha de sofia decidir qual vai pro post e qual não. Vejamos agora se o roteiro vai surpreender ou não.

Nota: 8,5

Sobre o Autor

Só mais um daqueles fakes da internet que por acaso também é fã do Homem-Aranha.

VÍDEOS

Navegador de Podcasts





PADRIM

Padrim3

Visite Nossa Loja Virtual

Loja Virtual

CANAIS

Feeds Twitter You Tube Instagram Facebook

Fan Page

9ª Arte